Seriado da Vez: IZombie

Em 04.06.2018   Arquivado em Seriados

Gentee, preciso desabafar e contar o quanto estou super hiper mega viciada nessa série. Eu nunca tinha dado bola pra ela, sempre vi no catálogo da Netflix até que um certo dia resolvi assistir um episódio, dois, três… e quando vi tinha terminado a segunda temporada.

A série acompanha Olivia Moore, uma residente médica disciplinada que tem sua vida completamente mapeada, até comparecer a uma festa que, inesperadamente, se transforma em um banquete de zumbis. Agora, fazendo parte do grupo dos mortos-vivos, Liv faz o seu melhor para se misturar e parecer o mais humana possível.

Ela afirma ser gótica e, como não podia deixar de ser, se comporta como uma pessoa diferente, o que traz complicações para suas relações interpessoais — incluindo seu ex-noivo, Major, sua mãe Eva e sua melhor amiga e colega de quarto, Peyton.

Para se alimentar, a garota arruma um trabalho no necrotério de Seattle, para que possa comer cérebros dos corpos que passam por ali. Apesar de ser cuidadosa, o seu excêntrico chefe, Dr. Ravi Chakrabarti, descobre seu segredo e fica empolgado com as possibilidades científicas. Mais tarde, ele ajuda Liv a procurar Blaine, o zumbi responsável por transformá-la.

Logo, Liv percebe que consegue ver uma parte das memórias das pessoas ao comer seus cérebros, o que a leva a ter visões das mortes das pessoas. Para a surpresa tanto do Dr. Ravi quanto do detetive Clive Babineaux, ela dá detalhes das cenas dos crimes e motivações que não pode explicar. Fingindo ser uma médium, ela começa a trabalhar com o detetive. A série é baseada nas HQs de mesmo nome da Vertigo.

Mesmo antes de começar a assistir essa série eu já tinha achado ela diferente. Hoje em dia em meio a tantas séries sobre zumbis e sobrevivência, ta aí algo diferente com zumbis que nem sempre morrem de vez, nem sempre precisam assassinar pessoas e principalmente, como no caso da Liv, também podem ter uma vida normal e tornar o fato de ser zumbi a favor dela, como ajudar a solucionar os casos de assassinato.

O mais engraçado e o que da todo o charme a série é que toda vez que ela come o cérebro, ela não só tem visões e lembranças da vítima, mas também acaba adquirindo habilidades e conhecimentos dessa pessoa que morreu (mesmo que a curto prazo, até sair todo o cérebro do organismo ou ela comer o de outra pessoa). Resultado: situações hilárias e uma Liv diferente a cada episódio.

E como não falar da química entre Liv e Major. Que casal FOFO!! E o carisma de todos os personagens é tanta que é impossível não querer ser amiga de Ravi, Peyton e até mesmo odiar o Blaine.

Para quem tem estômago fraco talvez se surpreenda com os corpos no necrotério em algumas cenas, ou talvez até sinta um pouco de nojo pois é cérebro pra lá e pra cá. Eu particularmente fico com água na boca com os pratos deliciosos que a Liv prepara com eles hahah.

Enfim, recomendo muito, pois apesar da premissa a série é bem leve, engraçada e divertida. IZombie já tem 4 temporadas e foi renovada para a 5ª e última. Netflix só disponibilizou ainda as 2 primeiras temporadas, sendo que a 3ª deve entrar no catálogo este ano (não sei o mês exato ainda).

Vejam o trailer da série:

E vocês, já assistiram a série?

Um beijo!

Seriado da Vez: Revenge

Em 15.09.2014   Arquivado em Seriados

Meninas, depois de muitos pedidos que recebi na pesquisa O Leitor Manda sobre dicas de seriados – e que vocês podem preencher AQUI ( por favor, sua opinião é muito importante para deixar esse cantinho a sua cara!! ) – foi que decidi iniciar a saga de posts com um seriado que amo: Revenge.

Quem conhece Revenge pelo nome irá dizer: Ah, aquele seriado que a mulher se vinga de todos?! Não!! Revenge, apesar do nome, não é só vingança, mas amor, esperança, amizade, fidelidade e é isso que a série me passa toda vez que assisto ela. É impossível passar um episódio sem se emocionar.

A série foi baseada no filme O Conde de Monte Cristo e quem já assistiu já pode imaginar o que está por vir hehe, e conta a história de Amanda Clarke que perdeu seu pai, David Clarke, acusado injustamente por um crime que não cometeu. Foi passando por uma fase difícil que Amanda Clarke troca de nome com uma amiga que conheceu quando estava no centro de detenção para menores, e acaba se tornando Emily Thorne, iniciando assim suas vinganças e sua busca por respostas com os culpados pela prisão e morte de seu pai.
Tudo sendo realizado estrategicamente com a ajuda de seu fiel amigo, Nolan, que eu juro que queria ter um amigo igual a ele, seu cúmplice e companheiro Aiden, e algumas ajudinhas que as vezes mais atrapalha, de Jack, amor de infância de sua vida ainda como Amanda.


Na foto: Aiden, Nolan, Emily e Jack
 

Até aí tudo bem, mas ao longo da série você descobre que há muita coisa envolvida nisso e acaba ficando com raiva e desconfiando de tudo e todos. Mas Revenge é aquela série que você acaba ficando íntima de todos os personagens, e acaba torcendo e chorando junto com eles.

Vamos ver o trailer da série?

 

A série já está na sua 4ª temporada que terá estreia no dia 28 de setembro. Estou super ansiosa!!

Gostaram da dica de hoje?

Um beijo!