O Velho Jeans De Todo Dia: De Onde Surgiu?

Em 13.06.2017   Arquivado em Publi

O jeans é um dos tecidos mais utilizados da história da moda. Atualmente, ele pode ser visto nas mais variadas peças e cores, entre elas calças, jaquetas, camisas, casacos e coletes. Porém, mesmo hoje ele sendo popular, no começo de sua fabricação, ele não tinha esse status, sendo um tecido que devido a sua durabilidade, foi inicialmente feito para as pessoas do campo e para os marinheiros que trabalhavam no porto de Génova.

Sua primeira fabricação foi em 1792, em Nimes, na França, e a partir desse momento ficou conhecido como tecido de Nimes. Após esse período, o jeans chegou aos Estados Unidos, onde realmente começou sua popularização. Uma curiosidade sobre esse tecido na América é que, em 1850, um judeu alemão chamado Levi Strauss percebeu que as roupas usadas pelos mineiros não eram adequadas para o seu trabalho, e com a ajuda de um alfaiate, criou algumas calças com o tecido que utilizava para cobrir as carroças. Só que com o passar do tempo, os mineiros passaram a reclamar do desconforto do tecido. Levi, pensando nessa reclamação, foi à Europa buscar um tecido parecido, mas que fosse mais flexível. Nessa busca, ele encontrou o tecido de Nimes. E foi assim que o jeans chegou na América.

Mas o sucesso do jeans no ambiente da moda só veio mesmo na década de 30, quando o cinema passou a retratar os cowboys americanos. E também a partir da Segunda Guerra Mundial, quando ele se tornou cada vez mais popular entre o público masculino.

A partir de 1950, o jeans passou a ser comercializado para um público mais amplo, e um dos grupos que se apropriaram desse tecido foram os hippies, que passaram a usá-lo em protestos contra um estilo de vida conservador. Mesmo sendo ligado a esse grupo, logo depois ele passou a ser muito requisitado, se popularizando, principalmente, em estilos casuais e no traje esporte fino. Hoje, ele aparece em diversas modelagens, fazendo parte de todos os estilos.

Mas e o nome “Jeans”? De onde surgiu?
Como era um tecido muito utilizado pelos marinheiros do Porto de Génova, eles tinham o hábito de chamar suas calças de “genes”, e com o sotaque italiano da região, acabavam pronunciado jeans.

Gostaram?

Um beijo!