Evento: 6º Dia SPFW Outono/Inverno 2012

Em 25.01.2012   Arquivado em Evento

No sexto dia do SPFW Outono-Inverno 2012, que infelizmente chegou ao fim. #sssnfff
Tivemos os desfiles das grifes Neon, Fernanda Yamamoto, Alexandre Herchcovitch (masculino), Amapô e André Lima.

Pra abrir o último dia dos desfiles, Neon com seu inverno pulsante e cheio de otimismo:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Na contramão de uma das fortes tendências da temporada – o total black –, a grife comandada por Rita Comparato e Dudu Bertholini levou cores gritantes a looks monocromáticos ou em blocos. Amarelo, laranja, rosa-choque, vermelho, vinho, roxo, verde e azul formaram a cartela de cores. O característico volume deu lugar às peças mais ajustadas e com cintura marcada, como os tubinhos tomara que caia.

Fernanda Yamamoto e sua coleção madura, feminina e elegante:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Nas peças, vimos uma silhueta bem certinha. A escolha foi proposital, para equilibrar os ricos tecidos, que contam com jacquards de temática renascentista tão precisa que se parece com uma estampa. Quem também roubou a cena foram os brilhantes canutilhos e as pedras navete (pequeninas e em formato de arroz) aplicadas uma a uma desde setembro do ano passado. “Usamos mais de 100 mil pedrinhas”, conta Fernanda.

Alexandre Herchcovitch voltou, mas dessa vez exibindo sua coleção masculina, com inspiração nos diferentes elementos da cultura judaica:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

“Pensei na maneira como os judeus ortodoxos se vestem, geralmente de forma simples e bem parecida”, contou o estilista no backstage de seu desfile. Objetos usados durante a oração também influenciaram as criações do designer, aparecendo de forma diluída entre as peças.
Na trilha sonora, canções judaicas cantadas em iídiche embalaram animadamente a apresentação.

O penúltimo desfile do dia foi da Amapô:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

As estilistas Carolina Gold e Pitty Taliani desenvolveram looks que se assemelham a esqueletos de roupas e, por isso, são compostos por arestas, superfícies transparentes e recortes estratégicos. “Criamos as peças a partir da estampa AVAF, que vem do livro Assume Vivid Astro Focus, de Eli Sudbrack. A obra mostra os estudos e croquis do que seriam suas futuras instalações e essa coleção é sobre esse momento do artista em que ele está livre. Ele rascunha, apaga, rabisca e faz anotações, e assim chegamos ao resultado de não-roupas”, explicou Pitty Taliani.

E pra finalizar de vez o SPFW, a coleção exuberante de André Lima:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Opulentos vestidos desfilaram estampas com fortes misturas de cores, como roxo com dourado e dourado com vermelho. “Me inspirei em múltiplas viagens para criar essa coleção”, contou o estilista no backstage do desfile, acompanhado da cantora Fafá de Belém e da atriz Camila Pitanga.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

As peças desfiladas remetiam às mais diversas culturas, como a japonesa (nos obis com pontas compridas), a chinesa e a africana.

Achei lindo o desfile de André Lima.
Pena que o SPFW chegou ao fim, mas aguardaremos ansiosas pelos próximos! 😀

Pergunta Do Dia: Você já usou algum produto TRESemmé?

Em 24.01.2012   Arquivado em Pergunta Do Dia

Meninas, uma dúvida rápida e que também irá me ajudar muito!

Desde que comecei a ver nas lojas os produtinhos TRESemmé, fiquei curiosa para saber se realmente é bom. Ainda não tive a oportunidade de comprar, pois em todas as lojas sempre tem o meu potinho escolhido (o Liso e Sedoso) sem par, sempre o shampoo ou o condicionador faltando.

Bom, enquanto eu não encontro, queria saber de vocês:

. Vocês conhecem os produtos TRESemmé? Usaram? Gostaram?

Me contem!! rsrs

Evento: 5º Dia SPFW Outono/Inverno 2012

Em 24.01.2012   Arquivado em Evento

No penúltimo dia do SPFW, temos os desfiles da Gloria Coelho, Maria Bonita, Uma Raquel Davidowicz, João Pimenta e Lino Villaventura. Vamos conferir?

O material de divulgação da coleção de inverno 2012 de Gloria Coelho já avisava que suas inspirações eram os “anos 1930, 1950, 1960, 2012” aliados à “leveza, transparência, sincronicidade, velocidade e improviso”.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Na passarela, vimos o trabalho com couro, as peças mais soltas do corpo, os ombros destacados e arredondados.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A cartela de cores apagada – gelo, bege, off-white, branco, camelo, preto – ganhou inesperados pontos de luz com os forros coloridos em laranja, azul piscina, verde limão. Ao fim, uma surpresa: Gloria mostrou longos de tule com aplicações de pedras.

E o desfile da Maria Bonita, onde Danielle Jensen, estilista da M.B, resolveu recriar uma expedição ao norte do Brasil em desfile de inverno:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Peças com formas retas em cores terrosas compunham a coleção, que ressaltava a mistura de materiais. Os acessórios mereceram grande destaque. “Detalhamos neles as formas da região Norte”, explicou a designer.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Os chapéus foram feitos com fios sintéticos trançados, imitando as tramas da cestaria típica do Pará. Os sapatos, mais masculinos, surgiram com saltos finos e baixos e as bolsas ganharam formas inusitadas, como as de um peixe.

E agora o desfile de Uma por Raquel Davidowicz, que retornou ao SPFW depois de um break de dois anos, com um inverno 2012 que é o mais puro DNA da marca:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Na passarela, uma coleção “minimal esportiva”, como a estilista gosta de definir, com pitadas de androginia e muita alfaiataria.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

ELLE adorou as mulheres reais na passarela da UMA (e eu também! rs). A artista Vera Salas, a executiva Cris Huntel, a diretora Denise Stoklos e a apresentadora e DJ Lara Gerin foram convidadas por Raquel para mostrar que, nas palavras da estilista, a grife faz “roupas de verdade, para todo tipo de pessoa”.

Agora a ousada coleção de João Pimenta, que elegeu uma estética nada simples para sua apresentação de inverno 2012: o movimento literário steampunk, subgênero da ficção científica que resgata elementos do século 19.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Os homens mascarados representam o personagem eleito para personificar a coleção. “Os médicos que cuidavam de leprosos no século 17 tinham um uniforme muito específico, com uma máscara de pássaro. Usavam roupas grandes e todos andavam de preto”, contou Pimenta. =O

E o último desfile com Lino Villaventura, direto da realeza…


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Uma modelo sentada teatralmente, usando um volumoso vestido preto em camadas, abriu o desfile de Lino Villaventura. Sem seguir tendências e criando silhuetas difusas temporada após temporada, o estilista, como de costume, desenvolveu sua coleção com tecidos nobres como tafetá de seda pura, organza e gaze de seda.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Materiais como jersey emborrachado, silk dourado e fios metalizados apareceram em diversos looks. Na cartela de cores, preto, nude, vermelho e ocre.

As roupas da Gloria Coelho estavam lindas, não gostei do desfile da Maria Bonita, adoreeei a atitude da Uma, achei interessante o desfile de João Pimenta e ameii a coleção de Lino Villaventura.

E vocês, flores? ^^

Página 145 de 151«1 ...141142143144145146147148149... 151Próximo