Evento: 4º Dia SPFW Outono/Inverno 2012

Em 23.01.2012   Arquivado em Evento

Domingo e continuando a edição do SPFW com as grifes Cavalera, Jefferson Kulig, FH por Fause Haten, Juliana Jabour e Colcci.

A Cavalera armou uma longuíssima passarela na Estação da Luz, no centro de São Paulo, para mostrar seu inverno 2012. Os convidados foram recebidos por uma banda de jazz e animadas drag queens vestidas em longos de paetês:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

“Olhamos para a metrópole, tão viva e pulsante, e levamos essa intensidade para as peças”, diz o estilista Igor de Barros, que assina a direção criativa ao lado de Fabiano Grassi e Caroline Molleri.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Os looks têm uma certa vibração de too much going on. Sobreposições, mix de tecidos (em uma das peças há mais de seis tipos misturados), muitos bordados e brilhos e contraste de materiais (a leveza e transparência do tule ao lado do pesado couro, por exemplo). Tudo isso, sem perder a essência da marca – roupa urbana, superstreet – com os tecidos que seus clientes gostam – algodão, jeans e moletom.

Foi da interação entre a natureza e a cidade que nasceu a inspiração do desfile de inverno 2012 do estilista Jefferson Kulig:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Procurando aliar tecnologia a uma moda mais romântica e esportiva, o designer apostou em peças de formas retas e cortes arredondados, com transparências estratégicas e muito mix de materiais.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Flores vazadas confeccionadas em sete materiais diferentes – entre eles tela metálica e trama de aço – adornaram roupas e acessórios. “É como se as modelos tivessem corrido pelo campo e as flores ficassem grudadas nas sandálias”, contou.

Agora a coleção de FH por Fause Haten, inspirado no tropicalismo:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Na passarela, uma série de looks com estampas de folhagem e flores. “Para esta coleção, fiquei com uma imagem do Havaí na cabeça”, conta o estilista.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A referência pode ser traduzida não só nas estampas, mas também nos shapes de algumas peças, como nas saias longas que surgiram amarradas como se fossem saídas de praia.
Na cartela de cores: fúcsia, verde-folha, preto e dourado.

Às 19h o desfile de Juliana Jabour:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A estilista – que teve um ano comercial bom ao firmar parcerias com Riachuelo e Shoestock – pôde mostrar o que ela veio aprontando durante este break da semana de moda. Seu inverno 2012 foi inspirado no road movie Viagem a Darjeeling (2007), de Wes Anderson, que fala sobre a viagem de três irmãos à Índia.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Nos pés, outra parceria com a Shoestock: dois tipos de botinha com salto interno que evocam o hit Isabel Marant. Gostou? Juliana manda avisar que chega às lojas em março.

E pra fechar o quarto dia do SPFW, Colcci e seu burburinho fashion:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A modelo Alessandra Ambrósio abriu o esperado desfile da Colcci na noite deste domingo, e o grande burburinho, mais uma vez, aconteceu por conta da presença do garoto-propaganda da marca, o ator Ashton Kutcher.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Já na passarela, surgiram peças mais elaboradas, mas ainda assim com boas chances de agradar o fiel consumidor Colcci. “Sentimos uma necessidade de oferecer saias. Estamos apostamos na saia-lápis como a peça-chave da temporada”, explicou a estilista Adriana Zucco. Vestidos acinturados de lã ganharam detalhes em couro e os casacos militares 7/8 vieram repletos de botões e medalhas bordadas nos ombros.

Meninas, os vestidos desse SPFW estão lindooos!! Amei o segundo e o último vestido que mostrei nas fotos da Cavalera.

E vocês, o que estão achando até agora? Comentem!!

Evento: 3º Dia SPFW Outono/Inverno 2012

Em 22.01.2012   Arquivado em Evento

No terceiro dia do SPFW Outono-Inverno que acontece na Bienal, tem os desfiles de Reinaldo Lourenço, Ellus, Mario Queiroz, Huis Clos e Samuel Cirnansck.

Abrindo o desfile, Reinaldo Lourenço com sua coleção voltada ao universo gótico e dark.
Com 45 minutos de atraso, as modelos desfilaram por uma passarela de luz roxa e castiçais na boca de cena, ao som dramático de órgão e sinos de igreja.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Entre as peças predominantes estavam as de cores preta, algumas vezes em total black, mas sempre com um ar mais moderno e elegante que remetem às novas bruxas da atualidade. Outras peças mais fluídas e alongadas demonstravam o sentimento gótico de forma leve da coleção, com mix de simetria e assimetria.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A apresentação final foi um pouco confusa. As modelos entraram propositalmente desalinhadas, mas na hora em que deram as costas para os fotógrafos, criaram um leve tumulto. No final do desfile, enquanto todos desocupavam a sala de apresentação, algumas modelos foram vistas chorando.

Ellus:

A modelo Aline Weber abriu o desfile da Ellus ao som impactante de uma orquestra, que tocava ao vivo, o que combinou perfeitamente com o clima da coleção.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Os estilistas criaram peças inspiradas nos países nórdicos e na saga da era viking, com um “quê” de heavy metal. Apesar disso, a coleção é feminina para elas e moderna para eles.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Aline Weber, que também encerrou o desfile levando o último modelo à passarela, também acompanhou os estilistas da grife quando estes se mostraram ao público e receberam merecidos aplausos de pé.

Mario Queiroz e sua coleção que agradou mulheres e homens do SPFW:

Com 30 minutos de atraso, os primeiros modelos apareceram na passarela de forma performática. Um homem e uma mulher, trajados com a mesma proposta, se ajeitavam antes de darem passadas perfeitamente ensaiadas na passarela.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


A apresentação deixou explícita a versatilidade das roupas nos diferentes gêneros. Enquanto eles usam calças mais ajustadas, estampas de flores, gravatas de pedrarias e chapéus com detalhes em brilho, elas usam alfaiataria mais larga, blusas longas e nada de decote. Através disso, Mario criou o perfeito balanço entre o feminino e o masculino.

Agora Huis Clos, que agradou quem é fã da vertente minimal chic:

As combinações monocromáticas de saias e blusas, vestidos e macacões tinham cortes retos e a laser, sem costuras nas barras. Mas ela ganhou destaque solo em outras peças. A coleção tinha trajes que seguiam a mesma cartela de cores – cinza, chumbo, mostarda, off-white, vinho, cru -, combinando as peças com a meia calça e os sapatos.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


E pra finalizar, Samuel Cirnansck, que apresentou uma coleção inspirada na mulher que se transforma em animal, com retalhos de tecidos costurados de forma a imitar peles. Vestidos longos marcaram presença na coleção:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Samuel Cirnansck, como sempre, fugiu do convencional e criou uma passarela com sal grosso e com um portão, como os de casas antigas. Tendo como inspiração a mulher que se transforma em animal, Samuel criou vestidos de luxo com retalhos de seu atelier. Com trabalho manual e cuidadoso, plumas e tecidos desfiados se transformaram em peças glamourosas, que remetem a peles, pelos e penas de animais. O ápice do desfile aconteceu com o primeiro modelo preto desfilado: ele é todo rebordado em cristais e pesa 18 kg. Samuel é conhecido por desenvolver vestidos de noivas, inclusive de algumas celebridades, como Juliana Paes e Giovanna Ewbank.

Em breve teremos mais, amores! ;*

Evento: 2º Dia SPFW Outono/Inverno 2012

Em 21.01.2012   Arquivado em Evento

Hoje teve o segundo dia do SPFW Outono-Inverno 2012, com as grifes Pedro Lourenço, R.Rosner, Alexandre Herchcovitch (feminino), Iódice e Triton.

Com alguns minutinhos de atraso, começou o desfile de Pedro Lourenço, inspirado em paisagens naturais com uma coleção minimalista e feminina.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Peles fake e couro ganham destaque na coleção, ao lado de estampas de paisagens naturais como alpes e montanhas. A cartela de cores conta com tons pasteis, cru, preto, terra e que remetem a materiais frios ou região de deserto.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Óculos de sol com lentes espelhadas, braceletes e meia calça cinza arremataram a coleção de Pedro Lourenço.

O próximo é o desfile de R.Rosner, às 15h30, exibindo peças exóticas, repletas de transparências, modelagens balonê, recortes estratégicos e brilho com uma coleção totalmente inspirada nas mariposas:

“Sempre gostei mais das mariposas do que das borboletas, elas têm um lado dark”, explicou Rodrigo Rosner, estreante no SPFW.”


Fotos: Fotosite Créd: Elle

A linha traz muitas aplicações de metais e bordados, marca registrada da grife, além de drapeados e rendas.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Quanto a make, com as atrações voltadas para a boca – batom vinho – e cabelo com rabo de cavalo baixo e, em algumas modelos, chapéu com muito brilho, entre sparks e pedraria preta.

No final do desfile, aparentemente emocionado, Rodrigo entrou na passarela ao lado da última modelo da fila para agradecer e, através dos aplausos, ter a certeza de que fez uma brilhante – literalmente – estreia.

Ás 17h30 é a vez de Alexandre Herchcovitch com suas peças femininas.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Os vestidos e blusas com ar de quimono, tendência já apresentada na semana de moda do Rio de Janeiro, apareceram de forma moderna, com estampas e amarrações.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Tecidos sintéticos, renda e camurça com muitas sobreposições de peças, de tecidos e texturas, invadiram a passarela. Os mocassins ganharam glamour na versão ankle boots com detalhes dourados, saltos quadrados, totalmente fechados ou com abertura na parte de trás.

Carol Trentini fechou o desfile com um vestido curto dourado de rendas em camadas e o estilista entrou no meio da fila final de apresentação de modelos ao lado de Geanine Marques.

A grife Iódice fez a coleção inspirada no livro Rock and Royalty, do estilista Gianni Versace, que traz fotos de estrelas do rock vestindo peças da alta-costura da grife italiana, 19h.


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Uma coleção bem noturna e que esbanjava sensualidade.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


O metal pautou a temporada. Ouro rosé e bronze estavam em todo lugar: em fios misturados a estampas de cobra, em telas, no tecido metalizado, em aplicações.
A grife usou transparência e estampa animal em sua coleção, que contou com Bruna Tenório nas passarelas.

A Triton foi a 5ª grife a entrar nas passarelas ás 20h30:


Fotos: Fotosite Créd: Elle

Casacos estruturados com ombros redondos surgiram na passarela ao lado de conjuntos de calça e camisa abotoada até o colarinho.

“Foram várias as referências, uma delas foram as abóbadas em estilo gótico da catedral de Notre Dame de Paris”, contou a estilista da marca, Karen Fuke.


Fotos: Fotosite Créd: Elle


Fotos: Fotosite Créd: Elle


A segunda parte do desfile veio repleta de bordados, que também criaram formas geométricas interessantes.

R. Rosner também exibiu peças lindas, mas o meu desfile preferido de hoje foi da Iódice, e vocês, o que acharam?? =D

Página 145 de 150«1 ...141142143144145146147148149... 150Próximo