Categoria "Meta"

Livro: Trilogia Para Todos Os Garotos Que Já Amei, Jenny Han

Em 11.04.2018   Arquivado em Meta

Hello, hello gatinhas!!

Eis que hoje vou comentar um pouquinho sobre um livro, ou melhor, uma trilogia que praticamente devorei em pouquíssimo tempo, conquistou meu coração mas que eu esperava um pouco mais dele <3 e eu vou explicar o motivo!

A trilogia é composta por Para Todos Os Garotos Que Já Amei, P.S: Ainda Amo Você e Agora e Para Sempre, Lara Jean.

Sinopse:
“Lara Jean guarda suas cartas de amor em uma caixa azul-petróleo que ganhou da mãe. Não são cartas que ela recebeu de alguém, mas que ela mesma escreveu. Uma para cada garoto que amou — cinco ao todo. São cartas sinceras, sem joguinhos nem fingimentos, repletas de coisas que Lara Jean não diria a ninguém, confissões de seus sentimentos mais profundos. Até que um dia essas cartas secretas são misteriosamente enviadas aos destinatários, e de uma hora para outra a vida amorosa de Lara Jean sai do papel e se transforma em algo que ela não pode mais controlar.”

Gente, não vou falar muito detalhadamente sobre a história pois o intuito aqui não é dar spoilers.

Mas o que posso dizer, para você que ainda não leu, não conhecia ou ainda precisa ser convencido a ler, é que a história é fofíssima, todos os personagens são carismáticos, as situações são ótimas e muitos momentos engraçados.
Eu diria que é um livro para todas as idades, principalmente para adolescentes que estão se descobrindo, em busca do primeiro amor. Nos faz sentir como se fôssemos amiga intima de todos.

Lara Jean é uma fofa, suas irmãs Margot e até mesmo a pirralhinha Kitty nos deixa um desejo de ter irmãs como elas. O livro termina nos deixando na ansiedade do que está por vir e querendo mais.

Sinopse:
“Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários.
Em Para todos os garotos que já amei, Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em P.S.: Ainda amo você, Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam.
Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.”

P.S: Ainda Amo Você é meu livro preferido dos três, sem sombra de dúvidas. O desenrolar da história, o namoro de mentirinha que acaba virando um amor sincero, o amadurecimento dos personagens, as dúvidas na cabeça da Lara me lembraram minha infância, tempo de escola e isso é muito bom. Uma época muito gostosa que é ser adolescente e ter tudo novo na vida.

Como seria namorar? Amar e ser correspondida, a grande e assustadora ‘primeira vez’? São diversas dúvidas nessa idade ainda mais para Lara Jean, que fica com o coração dividido entre dois amores.

Sinopse:
“Na aguardada conclusão da série Para todos os garotos que já amei, Lara Jean vai ter que tomar as decisões mais difíceis de sua vida. Em Para todos os garotos que já amei, as cartas mais secretas de Lara Jean — aquelas em que se declara às suas paixonites platônicas para conseguir superá-las — foram enviadas aos destinatários sem explicação, e em P.S.: Ainda amo você Lara Jean descobriu os altos e baixos de estar em um relacionamento que não é de faz de conta. Na surpreendente e emocionante conclusão da série, o último ano de Lara Jean no colégio não podia estar melhor: ela está apaixonadíssima pelo namorado, Peter; seu pai vai se casar em breve com a vizinha, a sra. Rothschild; e sua irmã mais velha, Margot, vai passar o verão em casa. Mas, por mais que esteja se divertindo muito — organizando o casamento do pai e fazendo planos para os passeios de turma e para o baile de formatura —, Lara Jean não pode ignorar as grandes decisões que precisa tomar, e a principal delas envolve a universidade na qual vai estudar. A menina viu Margot passar pelos mesmos questionamentos, e agora é ela quem precisa decidir se vai deixar sua família — e, quem sabe, o amor de sua vida — para trás. Quando o coração e a razão apontam para direções diferentes, qual deles se deve ouvir?”

Gente, esse último livro era aguardadíssimo pois todos queriam saber o que iria acontecer com Lara Jean, Peter, Josh, Margot, John, enfim…

Aqui nesse livro, Lara Jean precisa tomar uma decisão sobre qual caminho seguir: se distanciar da família, de Peter, entrar na faculdade ou viver um sonho? Adorei eles abordarem vários temas que muitas de nós passamos, ou se ainda for muito jovem, ainda vão passar. São questionamentos reais e que com certeza irá ajudar muitas garotas.

Apesar de ser um livro amorzinho, eu achei que ficou faltando falar mais sobre Peter e Lara Jean, do que o casamento do pai, por exemplo. Aquela tão aguardada primeira vez dos dois que eu achei que fosse ser LINDO e aposto que era aguardado por muita gente, simplesmente não aconteceu. Algumas situações desnecessárias e não preciso nem falar da ex do Peter, ranço total! Mais ranço ainda da Lara Jean abaixar a cabeça quando inúmeras vezes Peter pisou na bola. Sério, as vezes ela me pareceu muito inocente quando deveria ‘soltar os cachorros’ e isso me irritou.

Eu juro que queria shippar os dois juntos, e eu gosto dele, mas eu torcia para ela terminar com o John Ambrose McClaren. Sentia uma alegria tão grande quando lia os momentos dos dois, eu ficava feliz por ela. <3

O desfecho também, eu imaginava que seria de outra forma, mais emocionante e não previsível como foi.

Mas enfim, isso não muda o fato do livro ser muito bom, mesmo porque eu achei isso mas vocês podem achar o final perfeito. É uma leitura que eu recomendo para quem busca algo mais leve, engraçado e com uma pitada teen. As horas passam voando e quando você se dá conta, já finalizou.

Também recentemente recebemos a notícia de que ele será adaptado para as telas! O/
Sim, o elenco já está formado e a Netflix adquiriu os direitos da adaptação que deverá estrear no meio deste ano.


Na foto: Jenny Han no meio, na esquerda Margot (interpretada por Janel Parrish), na direita Lara Jean (Lana Condor) e Kitty (Anna Cathcart).

Posso dizer que to morrendo de ansiedade para ver nossa Lara Jean em cores?

Um beijo!

Livro: Boneco de Neve, Jo Nesbø

Em 06.12.2017   Arquivado em Meta

Um dos últimos livros que devorei, me chamou a atenção não só pelo fato de ser um romance policial (lá vem a suspeita em falar), mas pelo carisma do personagem e seus problemas reais que acabam por criar empatia com o leitor. Ou do ator.

É que Boneco de Neve eu só soube de sua existência após sair o primeiro trailer, e adorei esse clima de suspense e principalmente quem interpretaria Harry Hole nas telonas: Michael Fassbender. Adoro esse ator!
Mas primeiro vamos falar um pouco sobre o livro, e o filme deixemos para uma próxima vez.

“Considerado seu livro mais ambicioso pelo jornal inglês The Guardian e comparado a Silêncio dos Inocentes, de Thomas Harris, pelo The Times, Boneco de neve é o seu livro mais arrepiante.

No dia da primeira neve do ano, na fria cidade de Oslo – Noruega, o inspetor Harry Hole se depara com um psicopata cruel, que cria suas próprias regras; O terror se espalha pela cidade, pois um boneco de neve no jardim pode ser um aviso de que haverá uma próxima vítima. No caso mais desafiador da sua carreira, Hole se envolve em uma trama complexa e mortal, com final surpreendente.”

Com 420 páginas, ele é o sétimo romance da aclamada série de policiais protagonizada por Harry Hole, e eu devorei em poucos dias. A leitura é relativamente leve, os personagens excelentes e os acontecimentos andam da forma que tem que ser. Em nenhum momento me senti entediada ou com aquela sensação de estar perdendo algo. Só senti um pouco de dificuldade em decorar certos nomes pela dificuldade em pronunciá-los (ah, Noruega!).

Harry Hole é incrível. Não precisa de muito tempo de leitura para se apaixonar pela inteligência do personagem ou pelo personagem em si. Os demais não deixam de cumprir muito bem seu papel, até mesmo o Boneco de Neve me surpreendeu muito! É aquele tipo de livro que você passa inteiro levantando teorias, acusando personagens e quando acha que descobriu algo, vem o final e você se surpreende. Quem é o Boneco de Neve?
Não, não é um boneco assassino como vi muita gente opinando sem antes mesmo de ler ou assistir ao filme Hahah
Vamos sempre procurar nos informar antes de sair falando o que acha nos comentários, OK? OK! 🙂 (nós agradecemos!)

Sem dúvidas, Boneco de Neve se tornou um dos meus livros favoritos! Não me recordo de nenhum livro anterior que me deixasse tão tensa e ansiosa como este. Para quem gosta dessa pegada policial, digo que é indispensável à sua coleção.

Também estou curiosa para ler O Rendentor, que me disseram ser excelente. E você, já leu algum desses?

Um beijo!

Livro: It – A Coisa, Stephen King

Em 25.07.2017   Arquivado em Meta

Yeah! Faz tempo que estou devendo esse post por aqui!

Um dos mais recentes livros que li, foi por acaso. Descobri ele enquanto eu fazia compras: a capa me chamou a atenção e os comentários. E era tanto comentário positivo que resolvi me aventurar.

It, a Coisa foi meu livro de estreia no universo de Stephen King e de longe o maior que já li. Com 1.102 páginas, assim que vi o tamanho dele confesso que me senti inspirada e até mesmo desafiada. Afinal, será que eu daria conta de ler tudo?!
Mas esse foi um livro que simplesmente devorei. Por falta de tempo, pegava para ler sempre antes de dormir, e as vezes passava horas e horas grudada nele.

“Durante as férias escolares de 1958, em Derry, pacata cidadezinha do Maine, Bill, Richie, Stan, Mike, Eddie, Ben e Beverly aprenderam o real sentido da amizade, do amor, da confiança e… do medo. O mais profundo e tenebroso medo. Naquele verão, eles enfrentaram pela primeira vez a Coisa, um ser sobrenatural e maligno que deixou terríveis marcas de sangue em Derry. Quase trinta anos depois, os amigos voltam a se encontrar. Uma nova onda de terror tomou a pequena cidade. Mike Hanlon, o único que permanece em Derry, dá o sinal. Precisam unir forças novamente. A Coisa volta a atacar e eles devem cumprir a promessa selada com sangue que fizeram quando crianças. Só eles têm a chave do enigma. Só eles sabem o que se esconde nas entranhas de Derry. O tempo é curto, mas somente eles podem vencer a Coisa. Em ‘It – A Coisa’, clássico de Stephen King em nova edição, os amigos irão até o fim, mesmo que isso signifique ultrapassar os próprios limites.”

Posso dizer que It virou um dos meus livros preferidos.
Para os iniciantes na leitura não sei se eu recomendaria, por ser grande é preciso um pouco mais de concentração e determinação em terminá-lo. Mas a leitura é simples e gostosa, embora King seja rico nos detalhes (e põe rico nisso) o que faz a história ser mais extensa. Eu diria que esse é um dos ponto positivos, pois a gente se sente realmente por dentro, como se estivéssemos lá mesmo.

Eu me senti tão próxima de todos, que era como se eu fizesse parte do Clube dos Otários e fosse amiga deles, como se eu estivesse presente em todos os eventos de Derry e tivesse realmente visitado todos os lugares que o autor descreveu. Eu ainda não li outras obras do King, mas espero que essa seja uma marca registrada dele.

Quanto a história: maravilhosa. Teve apenas uma pequena parte em que eu achei desnecessária e que (na minha opinião) achei um pouco pesada e que não deu a importância real no motivo daquilo. Mas não vou entrar em mais detalhes para não dar spoiler. haha

Outro ponto que gostaria de ressaltar é que ele é de terror, mas é aquele medo que você sente através dos personagens, ou seja, fechou o livro e passou o medo. Outros fatores de peso são, principalmente, a amizade e a lealdade. É muito bonita a relação entre eles mesmo após anos sem se falarem.

Para quem ainda não leu, recomendo muito! O filme irá estrear nos cinemas no dia 07 de setembro. Veja o trailer abaixo:

E vocês, já leram esse ou outras obras do King? Comentem!

Um beijo!

Página 1 de 41234